10 erros que estrangeiros cometem ao iniciar suas atividades no Brasil [WEB CONTENT #1]

10 erros que estrangeiros cometem ao iniciar suas atividades no Brasil [WEB CONTENT #1]

10 erros que estrangeiros cometem ao iniciar suas atividades no Brasil [WEB CONTENT #1]

Qualquer empresário bem informado conhece a cartilha básica para iniciar seu próprio empreendimento. Sendo o Brasil um país de oportunidades, muitos estrangeiros enxergam aqui um presente e futuro promissores para iniciarem um novo negócio. Como diria a profética declaração de Pero Vaz de Caminha, na ocasião de seu primeiro retorno à Portugal após a descoberta do Brasil, “Nesta terra, tudo que se planta, dá.” Esse acerto se manifesta atualmente, principalmente em tempos de crise global, onde o território nacional se mantêm muito bem e em um estado cada vez mais crescente, que procura ajustar a política econômica para um ambiente favorável ao florescimento de novos negócios. Podemos dizer, a título de ilustração, que esse cenário se reflete na condição dos executivos brasileiros; eles recebem os melhores salários do mundo, segundo pesquisa da Dasein Executive Search. Isso evidencia o País para uma percepção mundial de economia estável e forte, com o suporte de uma tecnologia de ponta.

 

Mas, embora a oportunidade seja clara, o desafio também o é.  O empresário precisa saber exatamente onde está pisando e ter o pleno conhecimento dos passos necessários para iniciar sua empresas no País. Por esse motivo, nós da Vibratto Assessoria Empresarial Financeira criamos uma lista com os 10 principais erros que os estrangeiros normalmente cometem ao iniciarem operações no Brasil. Sendo essa uma de nossas expertises, queremos estender à você um pouco da nossa experiência, advinda dos mais de 5 anos de atuação na área. Iremos dividir o conteúdo em 3 etapas para uma melhor absorção e aplicação do material. E para dar início à nossa Web Content, vamos aos 3 primeiros itens:

 

1- Operar à distância

Esse é um caso recorrente. Saiba: se algo não for feito no Brasil, provavelmente não irá funcionar. Os obstáculos vão de dificuldades em transações bancárias ao realizar pagamentos e altas taxas de importação à diferenças no fuso horário. Uma empresa que tem sua base de atuação localizada no exterior tem muita dificuldade em alcançar sucesso no Brasil. Também é preciso estar atento ao fato de que o ambiente empresarial brasileiro enxerga com desconfiança os que se aventuram em curto prazo no cenário econômico, além de ter   uma exigência maior com os serviços importados. Uma empresa no Brasil não é um part-time para ninguém e vai exigir dedicação total – e presencial.

 

2- Não ter a burocracia pronta

Qualquer ação societária/administrativa no Brasil envolve um conjunto de passos e intervenções, geralmente sequenciais e condicionais. Atrasar um, pode significar atrasar os outros e inviabilizar todos os resultados. Além do que, surgem surpresas no meio do caminho advindas de necessidades administrativas: exigências de última hora que só se revelam quando tudo parecia perto da conclusão tão almejada. Mesmo as atividades geralmente simples, como abrir uma conta bancária por exemplo, podem atrapalhar ou atrasar o processo por semanas e até mesmo meses.

 

3- Acreditar que as decisões são rápidas

Os executivos brasileiros normalmente são muito fáceis para se entusiasmar e muito difíceis para se decidirem. Agindo por impulso ou não, uma venda pode ficar 90% concluída, por exemplo, no entanto os 10% restantes podem demorar meses para se finalizarem, chegando até mesmo à desistência total. É fácil se deixar contagiar por essa empolgação inicial e subestimar qualquer desilusão que possa vir a ocorrer na etapa final. É preciso estar atento e ser realista em todas as fases de negociação.

 

Na nossa Web Content #02 iremos apresentar mais 4 erros para você se planejar bem, afinal, aprender com o próprio erro é sinal de inteligência; aprender com os erros dos outros é sinal de sabedoria. Até lá!

 

Vibratto – Seus números vibrando alto.

Phone: (11) 3853-0347
Fax:

%d blogueiros gostam disto: