7 dúvidas mais comuns sobre gestão financeira empresarial

Que a gestão financeira de uma empresa é elementar para o sucesso de qualquer negócio é um fato, no entanto, muitos gestores sentem-se inseguros diante de alguns temas e situações cotidianas, por isso, no artigo de hoje vamos esclarecer as 7 principais dúvidas relacionadas a gestão financeira empresarial.

1) Planejamento financeiro x planejamento estratégico: como conciliar as duas coisas?

Planejamento financeiro e planejamento estratégico precisam caminhar juntos, portanto, o primeiro passo é compreender quais são os reais objetivos e propósitos da sua empresa.

Apenas após entender onde se pretende chegar com seu negócio e em quanto tempo será possível estabelecer uma projeção para identificar quanto será necessário investir em cada etapa para alcançar tais objetivos.

2) O que é mais importante na gestão financeira de uma empresa que está dando seus primeiros passos?

Acompanhar de perto, principalmente nos primeiros meses, o acompanhamento precisa ser diário, conforme a empresa vai aumentando de tamanho outras responsabilidades acabam tomando o tempo, por isso, o monitoramento pode passar a ser mensal e até mesmo trimestral. De qualquer modo, o empreendedor não pode deixar de lado a disciplina, sem esse fator o acompanhamento não acontecerá eficientemente.

BAIXE NOSSA PLANILHA DE FLUXO DE CAIXA GRÁTIS

3) Nunca fiz um planejamento financeiro, por onde começar?
O ideal é fazer um planejamento mês a mês pelos próximos 6 meses a 1 ano.

Nesse orçamento é preciso colocar todas as despesas, receitas e possíveis investimentos, além disso, é sempre importante deixar uma parte da receita separada para absorver gastos imprevistos que eventualmente possam surgir.

É importante salientar que o planejamento é um exercício que precisa ser sempre adaptado/ajustado de acordo com a sua realidade.

4) Quais indicadores devo observar para acompanhar a gestão financeira de minha empresa?
Os principais indicadores são simples e podem ser acompanhados semanalmente, são eles:

1) Orçamento: quanto está sendo gasto, está de acordo com o planejado?
2) Faturamento: quanto você está recebendo dos clientes?
3) Caixa: a combinação das duas coisas (receitas – despesas).
4) Projeção: meu faturamento está de acordo com o planejado?

Conforme o negócio vai crescendo outros indicadores podem vir a ser inseridos.

5) Quando é mais importante focar no caixa e quando é mais importante focar no lucro?
Isso pode mudar de acordo com o cenário em que se encontra em cada empresa, mas o ideal é que se negócio está no início é focar primeiramente no resultado, ou seja, no caixa. Nesse período é fundamental acumular recursos para que sua empresa possa se desenvolver da melhor maneira possível. Por outro lado, com o fortalecimento do negócio é importante ampliar a gestão tendo enfoque no lucro.

BAIXE NOSSA PLANILHA DE FLUXO DE CAIXA GRÁTIS

6) O que fazer para evitar a inadimplência dos clientes?
Estabelecer um protocolo para lidar com os clientes que estão em falta com os pagamentos é essencial.

Mas antes de tomar qualquer atitude mais enérgica é importante conversar com os clientes para compreender o que se passa realmente, algumas vezes simples mudanças como alteração de datas de pagamento podem resolver situações de inadimplência.

7) Qual a melhor maneira de investir para que a empresa cresça?
Para que uma empresa cresça ela precisa de recursos, por isso, o ideal é fazer com que o dinheiro que ela gera sirva para investir em seu próprio crescimento.
Há ainda outros caminhos: aceleração, ter um sócio investidor, empréstimo, o importante é sempre avaliar o custo-benefício de cada uma das condições.

É preciso sempre estar atento a tudo o que ocorre na área financeira e, principalmente, às questões fundamentais para que você tenha um negócio equilibrado e em constante crescimento.

BAIXE NOSSA PLANILHA DE FLUXO DE CAIXA GRÁTIS



WhatsApp chat