Investimentos: 5 coisas para aprender com os gênios das finanças.

Investimentos: 5 coisas para aprender com os gênios das finanças.

Investimentos: 5 coisas para aprender com os gênios das finanças.

Você se sente uma pessoa incompleta financeiramente falando? Sente que trabalha, trabalha e trabalha, mas o dinheiro nunca é suficiente para pagar as suas contas e, ainda assim, ter uma vida tranquila e feliz? Se respondeu sim para estas perguntas você, provavelmente, se encontra no que é conhecido como “a corrida dos ratos”- que se define, basicamente, por uma corrida desenfreada de sobrevivência no capitalismo. E a grande questão que queremos elucidar nesse artigo é: como sair dessa? Bom, a primeira coisa que já podemos dizer de antemão é que você deve procurar expandir seus conhecimentos sobre inteligência financeira. Não adianta jogar a culpa no governo, no gerente do banco, no contador, no assessor financeiro. A responsabilidade de criar e zelar por um patrimônio financeiro é pessoal e intransferível. E, infelizmente, não aprendemos isso na escola. Portanto, separamos 4 dicas inspiradas nos ensinamentos de um dos maiores gênios das finanças no mundo, Warren Buffet, para você começar a trilhar a rota do sucesso financeiro e fazer o dinheiro trabalhar para você. A dica nº 1, que antecede o pensamento de Buffet, é para abrir os todos caminhos, seja lá qual seja o seu perfil e situação econômica atual.

 

1- PAGUE A SI MESMO EM PRIMEIRO LUGAR

 

No livro Pai Rico, Pai Pobre, o autor Robert Kiyosaki conta que aprendeu com seu pai rico a importância de pagar a si mesmo em primeiro lugar. Não importa se você ganha um salário, é empresário ou empreendedor. Quando você define um valor mensal para si mesmo e o cumpre antes mesmo de todas as outras obrigações você se sente mais estimulado a aumentar suas fontes de renda. “Depois de pagar a mim mesmo, a pressão para meus impostos e demais credores é tão grande que me obriga a buscar outras formas de renda. A pressão para pagar se torna uma motivação. Já tive empregos extras, comecei outros empreendimentos, negociei na bolsa, qualquer coisa para que esses caras não ficassem gritando comigo. Essa pressão me fez trabalhar mais, me obrigou a pensar, e tudo isso me tornou mais esperto e mais ativo no que se refere a dinheiro. Se eu deixasse para me pagar no final, não teria sentido as pressões e estaria quebrado. “ Ninguém cresce na zona de conforto; a menos que você queira trabalhar a vida inteira para pagar contas e comprar coisas para satisfazer desejos momentâneo – criando ainda mais contas -, não siga esse conselho. Importante: sim, pague a si mesmo em primeiro lugar! Mas use esse capital para criar o seu sucesso financeiro e não para continuar na mesma. Avancemos para o passo 2.

 

2- GANHE O JOGO CORRENDO COM A BOLA

 

Partindo para os ensinamentos de um dos maiores gênios das finanças no mundo, Warren Buffet, você não precisa fazer coisas extraordinárias para obter resultados extraordinários. Depois de pagar a si mesmo, invista seu dinheiro. Não queira tentar enriquecer da noite para o dia. Em um de seus investimentos, Buffet conta que visou uma taxa de retorno anual de 20% e não uma de 200%. Se você é iniciante nesse assunto a poupança é um lugar para investimento que oferece risco zero. A desvantagem evidentemente é o baixo rendimento; porém é preciso começar. Agende com seu gerente, conheça mais sobre fundos de investimento, leia sobre o assunto e jamais coloque delegue 100% dessa responsabilidade à terceiros. Você deve saber sobre os valores de taxas de administração, resgate, perfil e todas as informações importantes referentes ao assunto, já que, afinal, estamos falando do seu próprio patrimônio. É importante também conhecer outras opções. Converse com pessoas, leia livros e corra com bola; jamais queira chutá-la para o gol enquanto ainda estiver no meio de campo. A menos que você já seja um craque, claro!

 

3- EVITE AQUILO QUE VOCÊ NÃO CONSEGUE EXPLICAR

 

Para não sair tropeçando nas próprias pernas com a ideia de fazer investimentos e aplicações, um conselho muito importante que deve ser levado a sério: evite aquilo que você não consegue explicar. Warren Buffet faz questão de entender cada uma das empresas em que investe. Essa talvez seja a chave principal do seu sucesso. Se ele não entende algo, não investe naquilo. Se você não consegue explicar algo, é porque não o entende. Na luta para conseguir expressar uma ideia, você precisa adquirir um grau razoável de compreensão, o que é bom no caso de uma ideia de investimento. Esse padrão exige que você faça uma pesquisa antes de comprar uma ação, investir um algum fundo de investimento ou, até mesmo, em uma ideia nova. Não estamos dizendo para você sair desistindo de tudo que parecer legal, porém, complicado demais. A luz que ilumina o conhecimento é a mesma luz que ilumina o sucesso!

 

4- SE CAIR EM UM BURACO, PARE DE CAVAR

 

O sucesso pertence aos que se arriscam, aos que saem de suas zonas de conforto, aos que desvendam o desconhecido. Nem sempre esse caminho é premiado, e é justamente por isso que muitos preferem continuar na corrida dos ratos: trabalho duro, salário garantido, compras, contas a pagar, necessidade de mais dinheiro, mais trabalho, mais stress e menos vida. Esse conselho de Buffet, apesar de ser relacionado à investimentos financeiros, vale para a vida. Não tenha medo de correr riscos e saiba que, se cair em um buraco, a coisa mais importante a se fazer é parar de cavar. Se você acha que investiu mal, a pior coisa do mundo a se fazer é continuar colocando dinheiro ou energia nesse investimento. Embora seja doloroso sair, sair, no fim das contas será muito mais vantajoso abandonar a festa e limitar o prejuízo, antes que tudo esteja perdido. No início da década de 80, Warren investiu pesado na indústria de alumínio. Foi um erro, e quando percebeu isso ele parou de cavar e caiu fora. Tenha coragem de admitir que você está errado – e faço isso antes que o destino lhe segrede que você acabou de ir à falência; financeira ou, porque não, emocional.

 

5- NÃO TORNE AS COISAS COMPLICADAS

 

Deixamos esse item para o final para que ele o encoraje e o empodere nas questões pertinentes ao sucesso financeiro, seja você uma pessoa que já investe em algo ou um iniciante. Warren Buffet diz que, parece haver certa característica humana perversa que gosta de tornar difícil o que é simples. Estamos seguros disso. Todo grupo profissional é, em última análise, uma conspiração contra os leigos. Somente quando algo se torna difícil de entender existe a necessidade de especialistas, que cobram altas taxas por terem desvendado o mistério. Quanto maior a complexidade, maior a necessidade de um especialista para ajudar você a orientar-se. O esquema é simples: algumas pessoas ficarão ricas com o trabalho de fazer você ficar rico, e o obrigarão a viver voltando a elas porque o jogo do investimento é complicado demais para ser entendido. Mas nunca ninguém pergunta por que cargas d’água, se eles são tão inteligentes precisam do dinheiro dos outros para enriquecer? Talvez precisem do seu dinheiro porque o objetivo deles não é que você ganhe dinheiro com investimentos, e sim que eles ganhem dinheiro com as comissões que cobram de você no troca-troca dos investimentos. Como disse Woody Allen, “um corretor de ações é alguém que investe o dinheiro dos outros até não sobrar mais nada”.

 

Posto isso, antes de finalizarmos nosso artigo é importante reafirmar que, nosso objetivo principal aqui, é encorajar você a começar o jogo de onde está e com os recursos que tem. Você não precisa ter rios de dinheiro para investir. Não precisa ser expert no assunto e, muito menos, precisa tornar tudo complicado. Faça o seu dinheiro vibrar alto e por você, não importa se a largada vai ser com R$ 100,00, R$ 1.000 ou R$ 10.000,00. Já ouviu aquele ditado: “daqui a 1 ano você vai desejar ter começado hoje”? A menos que a corrida de ratos esteja interessante, ignore isso e seja feliz!

 

Warren Buffett & Carlyle CEO David Rubenstein Discussion At DC Eco Club

Imagem: Getty Images

 


As idéias desse post foram inspiradas no livro O TAO de Warren Buffet, de Mary Buffet e David Clark (editora Sextante, 159 páginas). Recomendamos a leitura para maior aprofundamento no assunto.

Phone: (11) 3853-0347
Fax:

%d blogueiros gostam disto: