9 Coisas que você faz e que atrapalham sua educação financeira

Batemos muito na tecla sobre educação financeira, principalmente na época de pandemia que vivemos hoje é importante trabalharmos nosso planejamento de forma adequada, mas existem algumas atitudes do nosso dia a dia que acabam prejudicando isso.

Situações corriqueiras, que acabamos deixando para lá e que acabam fazendo uma grande diferença em nossa educação financeira: acaba se tornando um hábito.

Por isso, separamos algumas atitudes que você acaba fazendo que pode atrapalhar sua educação financeira, sabendo identificar quais são saberá como evitá-las. Vamos lá?

Não trabalhar sua educação financeira

Não consumir conteúdo sobre educação financeira é extremamente prejudicial às suas finanças, infelizmente em nosso país essa é uma matéria que não é ensinada nas escolas e por isso acabamos não dialogando com nossos familiares sobre isso.

Saber trabalhar o seu dinheiro de forma adequada, saber como gastá-lo e como economizá-lo não é um crime e nem pode ser tabu. Busque informações sobre isso e comece a direcionar suas finanças para o caminho correto.

Dinheiro como Tabu

Pela falta de instrução sobre educação financeira, acabamos criando uma mentalidade limitante sobre dinheiro. Não conversamos sobre nossas finanças com ninguém e nem buscamos nos instruir sobre como investir, como poupar. Quando passamos a encarar o dinheiro como uma forma natural, acabamos conseguindo lidar com ele de forma mais fácil.

Não fazer planejamentos

A educação financeira anda em conjunto com o planejamento financeiro, já que é um dos seus pilares. Principalmente em um cenário de pandemia, onde todas os setores foram afetados com mudanças drásticas em sua rotina, mais do que nunca se faz necessário esse tipo de processo.

Saber quanto você ganha, quanto você gasta e onde existem gargalos que podem ser eliminados é o primeiro passo para poder entender seu dinheiro e o que fará com ele. Sem planejamento, não há futuro.

Compras por impulso

Isso é um dos grandes inimigos de qualquer orçamento ou planejamento, isso é algo quase imperceptível. Sem um planejamento financeiro efetivo, acaba sendo difícil saber onde anda gastando seu dinheiro e sem esse conhecimento, acaba-se adquirindo coisas sem necessidade e aí começa outro problema: dívidas.

Uma dica importante aqui é anotar todos os seus gastos, ficará surpreso com as coisas que supérfluos que foram pagas sem real necessidade.

Cuidado com o limite do cartão

mesmo sendo útil, ele é o grande vilão de uma boa educação financeira e planejamento. Muitas pessoas enxergam o limite do cartão como uma renda a mais, que deve ser gasta fora do planejado.

Use-o com moderação e se possível não o use, isso impacta diretamente no seu orçamento quando a fatura chegar, a ilusão das compras parcelas é a mesma coisa. Senão gastos pequenos acabam se tornando dívidas maiores devido aos juros.

Dívidas sem análise das condições

Eis um dos erros mais fatais que atrapalham sua educação financeira e é cometido no impulso ou pela falta de conhecimento, com isso estamos falando sobre solicitar:

  • Empréstimos;
  • Consórcios;
  • Financiamentos;
  • Parcelamentos;

Tomando uma decisão desse porte de maneira impensada ou sem um planejamento, acabamos não avaliando as taxas de juros e condições de pagamento, e no final corremos o risco de estarmos pagando muito mais do que recebemos ou ainda pior, gerar uma dívida difícil de ser quitada.

Outro problema é quando adquirimos um bem e não adaptamos essa nova despesa aos custos do nosso orçamento, pois um bem como um carro acaba gerando novos gastos como: combustível, impostos, manutenção etc.

Contas pagas com atraso

Na rotina do dia a dia, acabou-se tornando comum para algumas pessoas pagarem suas contas em atraso e isso acaba gerando uma perda financeira com juros e multas. Mas você pode pensar que o custo é baixo, mas multiplique esse custo por 12 meses e verá o estrago a longo prazo.

Não fazer investimentos

Aquele dinheiro que sobra no final do mês poderia ser investido em algo para gerar algum retorno, mas muitos têm a crença limitante que somente ricos investem dinheiro e acabam deixando boas oportunidades passar.

Aqui vemos a necessidade da educação financeira, com investimentos a longo prazo e com a possibilidade de começar com valores baixos.

Não planejar o futuro

Com a rotina atribulada que temos, acabamos apenas cobrindo nossos gastos com o dinheiro que ganhamos e esquecemos de ter sonhos, planejar o futuro e ter um orçamento que comporte uma sobra financeira ao longo dos anos.

Inclusive podemos incluir um fundo de emergência aqui para necessidades futuras. Isso é planejar.

A Vibratto é uma empresa voltada para soluções financeiras, ou seja, voltada para seu negócio e trabalhamos em todas as linhas de frente para que seu negócio faça o que precisa fazer: Lucrar e Crescer!

Deixe as preocupações conosco e veja seu negócio expandir. Ainda não tem um negócio? Leia nosso conteúdos e comece a conhecer melhor o mundo das finanças, para desde já se precaver.

Esperamos que tenha gostado desse artigo, se ainda tiver dúvidas agende um call com nossa equipe de especialistas e conheça as soluções que preparamos para você.



WhatsApp chat Tire Dúvidas no WhatsApp