Guia de planejamento financeiro para quem não tem renda fixa!

 Quando você tem uma renda fixa ou mesmo ganha um salário fixo, consegue se planejar e pelo menos tentar fazer um planejamento financeiro contando com o valor que recebe mensalmente, mas e quando você não tem isso? Se por acaso, você é autônomo ou freelancer? Independente se há crise ou não, os trabalhadores informais vem crescendo em nosso país.

Pesquisa feita em 2019 pela PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) e divulgada pelo IBGE, apontou que nosso país já ultrapassou a marca de mais de 24 milhões de autônomos, onde chegamos há 5,1% maior do que o mesmo período em 2018.

Mas como fazer um planejamento financeiro, se você não tem uma renda fixa e sim uma variável? Por que não há certeza dos ganhos em cada mês.

7 Dicas para começar o seu planejamento financeiro

Calma, pode ser mais complicados, mas não é tão díficil. Separamos algumas dicas importantes para começar a se planejar de forma correta, principalmente no momento em que vivemos de pandemia devido ao COVID-19.

Este momento irá passar e mais do que nunca, quem estiver preparado com seu planejamento financeiro estará na frente.

Controle suas contas

Você precisa organizar e saber controlar suas contas, essa é nossa primeira dica. Precisa saber todas as suas contas fixas e o quanto elas custam mensalmente, é importante ter essa informação mapeada junto com as datas de vencimento, sobre contas fixas me refiro aquelas imutáveis, que não há como postergar ou cancelar, tais como:

  • Conta de Luz;
  • Conta de telefone;
  • Aluguel;
  • Água;
  • Alimentação;
  • Internet;
  • Dentre outros.

Com essas informações, você pode começar a montar uma planilha de gastos ou mesmo anotar em sua agenda para ter uma boa ideia do que realmente se gasta e o quanto se gasta com elas. Com isso, já é possível ver o começo do planejamento financeiro.

Controlar as entradas fixas

Agora que você já sabe os seus gastos fixos, precisa também mapear suas entradas fixas. Sempre há aquele que cliente que fecha um trabalho fixo, ou mesmo quando se trabalha com comissionamento o mínimo que é fixo. Independente da profissão, é importante listarmos aqueles recebimentos que temos a certeza de que entrará todo mês. Coloque junto com a lista de gastos fixos, assim seu planejamento financeiro já começa a ter uma forma.

Planejamento

Um planejamento financeiro, não é apenas para que você saiba o que vai entrar e sair dentro do seu orçamento. É uma forma de poder ter uma previsão de como serão os próximos meses de entrada e saída. Inclusive você poderá separar os planejamentos entre mensal e anual.

Outro detalhe importante: nos meses que você já checar no seu planejamento que terá entradas maiores poderá antecipar contas, nos meses que já sabe que terá recebimentos menores, assim evita atraso com sazonalidade.

Metas bem definidas

Metas ou objetivos são extremamente importantes para quem monta o seu planejamento financeiro, porque assim você começará a desenvolver o hábito de economizar e assim conseguir realizar os seus sonhos.

Metas profissionais também podem estar relacionadas, tudo que possa ser investido para melhorar o seu trabalho, além de claro as metas pessoais.

Por isso tenha em mente, dentro do seu planejamento inserir informações como valor, quais serão os tipos de metas e objetivos e o prazo para que os mesmos sejam alcançados.

Poupe Dinheiro

Esse é um item fundamental para seu planejamento, principalmente em épocas difíceis ou mesmo em momentos de baixas entradas, juntar dinheiro é um item que sempre precisa de atenção máxima.

Inclusive, existem diversos desafios que ajudam você a começar a economizar dinheiro, tais como:

  • Desafio de guardar 10% dos rendimentos;
  • Desafio de guardar todas moedas de R$ 0,05 ou R$ 1,00;
  • Desafio de sair sem cartão;
  • Desafio de economizar saídas e gastos fora de casa;

Reserva de Emergência

Sabe aquele dinheiro que você juntou acima? Pode ser uma ótima forma de começar sua reserva financeira, ela entra dentro do seu planejamento financeiro como uma forma de não ficar apertado em momentos inesperados.

Caso apareça doenças inesperadas ou investimentos muito oportunistas, é uma excelente forma de se precaver e claro também, caso haja problemas as contas fixas estarem em dia.

Investimentos

Esse tópico é bem interessante, porque quando você já tem um fundo de emergência, um planejamento financeiro bem feito e ainda já consegue poupar dinheiro, esse é o momento ideal para começar a investir.

Investimentos a longo prazo, são mais seguros e com bons rendimentos financeiros. Em alguns meses ou anos, terá um bom pé de meia para realizar seus sonhos mais ousados.

A Vibratto é uma empresa voltada para soluções financeiras, ou seja, voltada para seu negócio e trabalhamos em todas as linhas de frente para que seu negócio faça o que precisa fazer: Lucrar e Crescer!

Deixe as preocupações conosco e veja seu negócio expandir. Ainda não tem um negócio? Leia nosso conteúdos e comece a conhecer melhor o mundo das finanças, para desde já se precaver.

Esperamos que tenha gostado desse artigo, se ainda tiver dúvidas agende um call com nossa equipe de especialistas e conheça as soluções que preparamos para você.

 

Leia também:

Gestão Financeira: 5 Atitudes que podem colocar sua empresa em risco



WhatsApp chat Tire Dúvidas no WhatsApp